Domingo de Ramos abre Semana Santa

No último domingo (14/04), aconteceu na Paróquia Santa Rita de Cássia Bênção, Procissão e Santa Missa Solene do Domingo de Ramos presidida pelo pároco Pe. Edivan Pedro dos Santos. A celebração marcou o início da Semana Santa na comunidade paroquial fazendo memória da entrada triunfal de Jesus na cidade de Jerusalém antes de sua Paixão, Morte e Ressurreição. Outro acontecimento destacado na solenidade foi o encerramento da Campanha da Fraternidade (CF 2019) deste ano, que tem como tema “Fraternidade e Políticas Públicas” e o lema “Serás libertado pelo direito e pela justiça” (Is 1,27).

Em todos os lugares o celebrante conduziu oração e aspergiu água benta pedindo por políticas públicas mais justas e solidárias. Também rezamos pela erradicação da corrupção que assola a nação brasileira e que muitas vezes não permite que as pessoas sejam atendidas e assistidas pelos poderes públicos com o asseguramento de seus direitos e deveres.

Às 8h em frente à Creche Municipal “Jorge Dib Abussafi” aconteceu à concentração para a bênção e procissão de ramos. Segundo, o pároco “a Creche foi escolhida como local de início da procissão de ramos como um clamor profético às autoridades por políticas públicas mais justas que possam contemplar as necessidades básicas da sociedade como direito a educação, saúde, transporte, segurança, moradia entre outros”,  assumindo o espírito da CF 2019.

Essa é única creche do bairro  e é gerida de forma filantrópica, recebe também a ajuda da nossa Paróquia Santa Rita de Cássia. Durante a abertura rezamos pedindo para que o governos trate com carinho e atenção os Centros de Educação Infantil e Escolas, para que cuidem  de nossas crianças, especialmente nos seus primeiros anos, para garantia de uma sociedade sadia e fraterna. Clamamos por mais concursos públicos para professores e pessoal de apoio nas escolas públicas, mais seriedade e respeito pelos alunos e professores, com mais escolas e mais equipadas. Chega de salas super lotadas que comprometem o aprendizado, além de adoecer os professores. Não precisamos de polícia dentro de escolas. Queremos mais professores bem pagos, equipes pedagógicas suficientes, recursos para projetos extra-curriculares. Necessitamos de políticas públicas sérias para Educação de nossas futuras gerações.

Além de um apelo por políticas públicas mais justas em frente à creche, a procissão passou pelo PEV (Ponto de Entrega Voluntário), mais conhecido por Eco Ponto. Este apresenta-se abandonado, com vários episódios de incêndio e descarte irregular. Ao lado do PEV também acontece um movimento de exploração de reciclagem de materiais. Isso é bem útil e necessário, mas não tem nenhum  acompanhamento da prefeitura. Atualmente várias pessoas trabalham em condições precárias, além da drogadição que acontece nas imediações. Pe. Edivan exigiu em nome da comunidade local que o poder municipal dê atenção necessária para resolver os problemas sociais e ecológicos deste local, até porque o depósito de reciclagem já avança para toda a área da praça em frente ao PEV e as pessoas que moram nas redondezas e trabalham no Eco Ponto precisam ser tratadas com respeito e dignidade.

“Participar da Procissão do Domingo de Ramos, foi importante, porque, além de rezar, também conseguimos ter um olhar para o nosso entorno. A escolha do trajeto nos permitiu refletir sobre os vários serviços prestados pelo poder público, como nos sugere a Campanha da Fraternidade 2019, e que estão ineficientes, como: condições de moradia e trabalho, saúde, educação e outros… e o quanto nós cidadãos e cristãos devemos colaborar para a mudança” —  disse:  Maria de Fátima Boletti Vitaliano.

E por último, a procissão parou na Unidade Básica de Saúde Eldorado (Posto de Saúde). Neste momento, na reflexão, o Pe. Edivan disse que o SUS é sistema de saúde muito bom, que não nos falta qualidade no serviço, mas sim quantidade. Nossa dificuldade é entrar no hospital, depois somos bem atendidos, com tratamentos e medicamentos de ponta. O governo precisa investir pesadamente,  construir mais centros de saúde, hospitais, clínicas, contratar mais médicos e enfermeiros, psicólogos, numa política séria e contínua de saúde pública. Também aspergiu um balde de água benta no Posto de Saúde, depois de dar a benção, pedindo a Deus para lavar toda sujeira da corrupção que coloca em risco as políticas públicas para atender as pessoas com mais dignidade e rapidez.

Ao longo da procissão, cantamos e rezamos com muita fé e devoção. Aclamamos Jesus nosso Rei e Senhor, nosso Deus e salvador. Um clima de esperança e alegria tomou conta das ruas por onde passamos. Muita gente veio ao portão de suas casas ver o que estava acontecendo. Domingo de Ramos é especial. Jesus passa, atrai, e chama a caminhar com Ele, que é fonte de toda vida, e vida com abundância, luz e sabedoria.

Nossa Igreja Matriz acabou ficando pequena para acolher a multidão que acompanhou a procissão de Ramos. A celebração contou com a presença de grande número de fiéis das mais diversas comunidades de nossa paróquia (Comunidade Sagrada Família, Santo Antônio e São Judas Tadeu). Foi um grande momento de união das comunidades, que na realidade fazem parte de uma grande casa familiar, como diz o significado grego de paróquia (“paroikía”).

Já na missa, o Pe Edivan chamou a atenção para o sentido da celebração do Domingo de Ramos, como início da Semana Santa. Também pontuou que a Semana Santa não é feriado, mas tempo de mais oração, mais devoção.

Disse: “Se alguém perguntar o que é Semana Santa, é para responder que é a Semana do Amor, do Amor Maior. Só um Deus apaixonado por nós, pode nos amar tanto assim, a ponto de dar sua vida. E tudo isso foi só para você.” Assim, o Pe Edivan convidou toda a comunidade a participar com muita devoção de todos os momentos da Semana Santa de nossa paróquia.

Confira a PROGRAMAÇÃO GERAL DA SEMANA SANTA DE 2019 clicando AQUI!

Pe. Edivan Pedro dos Santos / Seminarista Caio Matheus Caldeira da Silva
PASCOM – Paróquia Santa Rita de Cássia – Londrina / PR

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *